logo oficial

Controles Financeiros para reduzir riscos organizacionais

Veja o que são os controles financeiros e como os processos que este propõe são importantes para a saúde financeira do seu negócio!

Compartilhe

Os controles financeiros são processos sistematizados responsáveis por administrar os recursos das empresas. 

Geralmente, são definidos no planejamento estratégico da área e têm como foco aumentar a eficiência e reduzir os riscos nos caixas das organizações.

Embora sejam parte da rotina do setor financeiro, quando não são bem estruturados, os controles estão sujeitos a erros analíticos que geram processos ineficazes e informações de pouco valor.

Esse contexto é uma realidade frequente, visto que a maturidade de gestão financeira nas empresas ainda é um gargalo a ser superado.

As razões que justificam essa conjuntura são diversas e nosso objetivo neste artigo é alertar sobre uma delas: os riscos oriundos da má aplicação de controles financeiros.

Acompanhe a leitura para compreender o que é um controle financeiro e como esses processos são importantes para a saúde e crescimento do seu negócio.

O que é um controle financeiro e quais seus tipos?

Controle financeiro é um conjunto de rotinas cujo objetivo principal consiste em medir, avaliar e gerar relatórios que demonstram a situação econômica de um empreendimento.

Quando bem executados dentro de uma cultura organizacional de qualidade, a empresa consegue corrigir falhas, evitar gastos desnecessários e manter a saúde financeira do negócio.

Vale frisar que os controles financeiros podem ser divididos em:

Controles preventivos: como o próprio nome já diz, o objetivo aqui é evitar que falhas na gestão financeira venham a ocorrer;

Controles investigativos/analíticos: nesse cenário, os controles financeiros apoiam a empresa na detecção de falhas/fraudes/processos errôneos, de modo a aumentar sua transparência;

Controles corretivos: finalmente, os controles corretivos são aqueles que, diante de um problema ou gargalo financeiro que já existe, auxiliam em sua superação.

Benefícios dos controles financeiros

Os controles financeiros geram uma série de benefícios para as organizações, incluindo: 

  • Proporcionar investimentos seguros e inteligentes;
  • Aumentar a eficiência organizacional;
  • Reduzir atrasos na produção e no estoque;
  • Diminuir custos financeiros;
  • Ser base para tomada de decisões;
  • Potencializar a obtenção de lucro máximo com custo mínimo;
  • Controlar todos os aspectos financeiros do negócio;
  • Gerar relatórios com informações financeiras acuradas;
  • Atrair investimentos e aumentar a transparência da companhia.


Tudo isso, evidentemente, determina o sucesso e a expansão de uma empresa ao longo de sua jornada no mercado.

O fluxo de caixa, gestão de contas a receber e pagar, controle do capital de giro e o balanço patrimonial são exemplos de tipos de controles financeiros que analisaremos a seguir.

Equipe financeira com dois analistas e um coordenador observando o novo planejamento estratégico organizacional

6 principais controles financeiros

Veja, com mais detalhes, os principais controles financeiros que você pode aplicar em sua empresa e sua importância!

Gestão de custos

A gestão de custos permite uma visão ampla da empresa, evitando surpresas com gastos extras. Por isso, é imprescindível que seja feito um levantamento das despesas para manter todas as atividades.

Deste modo, todas as operações poderão ser mensuradas, como compra de matéria-prima, custo de operação, pagamento de fornecedores, entre outros.

Com estas informações, a corporação sabe o valor para se manter em equilíbrio, auxiliando na precificação, gestão financeira integral do negócio e tomada de decisões.

Isso vale até para o custo de aquisição de cliente, ponto que pode passar despercebido.

Gestão de contas a pagar e a receber

Monitorar as contas a pagar e a receber ajudam o setor financeiro a compreender o quanto foi vendido, data e prazo de recebimento, gerando assim previsibilidade de caixa. 

A previsibilidade de caixa, por sua vez, é um guia essencial para o planejamento e passos futuros de qualquer companhia. 

Desta forma, o empreendedor compreende quais são os recursos disponíveis para realizar pagamentos, contratações, controle de estoque, entre outras ações sem comprometer a empresa.

Embora essa atividade possa ser feita manualmente, o processo fica sujeito a falhas, sendo o ideal, nesse caso, contar com o suporte de soluções inteligentes e digitalizadas. 

Uma vez que há esse alinhamento entre tecnologia e processos bem estruturados, as chances de sucesso aumentam para a empresa.

DRE – Demonstrativo de resultados

A DRE é um controle financeiro que consegue demonstrar as movimentações de uma empresa, suas despesas e receitas.

Essa é uma atividade obrigatória desde 2007 pela legislação brasileira, porque também é um demonstrativo contábil para apresentação de impostos e taxas no decorrer do exercício fiscal.

Já para gestão interna, o demonstrativo de resultado compara as receitas e despesas, projetando como a corporação pode crescer, seus principais custos, entre outros.

Nesse sentido, a DRE é um resumo de dados periódicos para a gestão financeira, investidores, bancos e o governo.

As informações são relativas ao balanço patrimonial do negócio, e, novamente, são importantes na organização de receitas, custos e despesas, dados que calculam o lucro ou prejuízo de um negócio.

Gestão de notas fiscais

As notas fiscais são responsáveis por comprovarem as transações comerciais ocorridas e os impostos gerados.

Estes importantes documentos são essenciais na organização e controle financeiro de um empreendimento.

Além do seu papel contábil dentro das empresas, as notas fiscais são acompanhadas pelos estados e o Código Tributário Nacional legisla que esses documentos devem ser arquivados por no mínimo 5 anos.

Atualmente, há quatro tipos distintos de notas fiscais, são elas:

  • NF-e: Nota Fiscal Eletrônica de Produtos ou Mercadorias
  • NFC-e: Nota Fiscal ao Consumidor Eletrônica
  • NFS-e: Nota Fiscal de Serviços Eletrônica
  • CT-e: Conhecimento de Transporte Eletrônico

Ademais, todos os enquadramentos fiscais possuem obrigação de emissão de notas, exceto os Microempreendedores Individuais (MEI).

Controle do capital de giro

A quantia em dinheiro necessária para manter as operações de uma empresa é chamada de capital de giro.

Esse valor precisa estar disponível para acesso fácil e com rápida liquidez.

É indicado que este dinheiro seja suficiente para pagar urgências, isto é, uma forma da empresa fazer o gerenciamento de crise caso falte dinheiro em caixa.

Para que este controle financeiro seja bem executado, é preciso que a empresa domine outros pontos, como as contas a pagar e a receber, para não ser prejudicada no processo.

Fluxo de caixa

Uma rotina financeira saudável precisa ter o fluxo de caixa como partida, afinal, é por meio deste controle que a gestão consegue acompanhar todas as entradas e saídas com ciência dos seus recursos.

Sendo assim, esta precisa ser uma atividade rotineira, para que as informações confiáveis e reais captadas possam ajudar em projeções e estimativas.

Consequentemente, um controle ruim de fluxo de caixa traz prejuízos significativos, sendo, inclusive, um ponto crítico para a continuidade do negócio.

Invista em automação para aumentar a eficiência da gestão financeira

Uma gestão com processos e controles financeiros eficientes deve também levar em conta tecnologias que apoiem seu time de colaboradores.

Para isso, a Dattos é uma plataforma líder na automação e conciliação contábil. 

Centralizar os processos e as informações (financeiras, contábeis e de demais áreas) ajuda a gerar mais valor para o negócio, aumentando a confiança por meio de uma estrutura padronizada, dados assertivos e seguros. 

Pensando em um movimento de transformação digital que, de fato, traga resultados, um dos passos importantes é automatizar rotinas operacionais de áreas como a contábil.

Entretanto, não basta apenas automatizar processos, é preciso escolher as melhores soluções do mercado que garantam uma digitalização sem riscos das informações contábeis do negócio.

Com a Dattos, é possível implementar toda a automação de suas conciliações contábeis, contando ainda com interfaces dinâmicas e a possibilidade de analisar, de modo minucioso, cada movimento financeiro das suas contas.

Por meio da automação de conciliações, é possível reduzir custos e eliminar chances de erros manuais em processos repetitivos, tornando suas operações mais ágeis e ainda ampliando o potencial de crescimento do negócio.

O primeiro passo – é um dos mais importantes – é investir em ferramentas que de fato sejam parceiras nessa transformação. 

Afinal de contas, tarefas manuais e processos descentralizados podem ser problemas sérios para qualquer empresa.

Soluções como a Dattos podem empoderar os times financeiros e contábeis a tomarem decisões mais assertivas, sendo uma fonte de informações confiáveis para qualquer empresa.

Com a nossa plataforma, você consegue ainda:

  • Ter uma visão geral do seu negócio com uma plataforma que potencializa e acelera o processo de análises financeiras de empresas;
  • Automatizar seus processos e, consequentemente, ganhar agilidade e inteligência nas rotinas gerenciais;
  • Contar com um acompanhamento contínuo das finanças de sua empresa, favorecendo o equilíbrio e controle; 
  • Reduzir riscos, custos e tornar seu departamento financeiro estratégico e ágil com segurança e qualidade dos dados.

Conclusão: controles financeiros e a sustentabilidade do negócio

Como vimos, uma empresa precisa se apropriar bastante dos controles financeiros, pois estes são pilares da gestão financeira.

Sem bons controles, o empreendimento não entende seu fluxo de caixa, o que impacta diretamente na gestão de contas a pagar e receber.

Uma vez que estes processos falham, a empresa precisará utilizar suas fontes de capital e até recorrer ao crédito ou outras medidas emergenciais.

Assim, para garantir o futuro de sua companhia em um mercado cada vez mais competitivo e manter o equilíbrio do negócio, conte com o apoio de controles financeiros eficientes!