Como tornar algumas ferramentas aliadas do home office

Dica Dattos - Home Office

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Devido ao desenvolvimento dos eventos recentes relacionados ao coronavírus no Brasil, grande parte das empresas brasileiras precisaram reagir de forma rápida em relação aos planos emergenciais de contingência. Implantar o home office para os colaboradores, com certeza, foi a mais adotada. O objetivo é evitar o máximo possível que haja aglomeração e, assim, diminuir os riscos de contaminação.


Grandes empresas como a Google e a Microsoft estão organizando suas demandas para atender às necessidades dos colaboradores que dependem de ferramentas para dar continuidade aos seus trabalhos. 


Além do Google Hangouts, Zoom, Trello, Asana, etc, muitas outras plataformas vêm aparecendo nas rotinas das empresas ao redor do mundo. No início do mês de março, o Google deu acesso gratuito ao uso de ferramentas para auxiliar o trabalho dos colaboradores durante o home office.


A partir desse cenário, é importante ressaltar que o uso dessas ferramentas pode auxiliar de diversas maneiras, permitindo a comunicação entre as equipes (sejam elas do setor financeiro ou não) e melhorando o progresso da jornada de trabalho remoto. Então, quais ferramentas usar e como aproveitá-las ao máximo?

Trello, Asana e Monday

Esses são apenas alguns exemplos de ferramentas que ajudam a organizar o gerenciamento de tarefas. São sistemas que atuam em forma de “quadros” virtuais. Dentro deles, pode-se criar colunas, cards e quantas tarefas forem necessários para gerenciar o fluxo de atividades. Para times financeiros, por exemplo, é ideal utilizar esse tipo de gestão, uma vez que todos conseguirão acompanhar as ações de seus colegas e ajudar a identificar em qual tarefa será necessário direcionar maiores esforços.

Slack, Google Hangouts e Microsoft Teams

Ferramentas como o Slack, o Google Hangouts e o Microsoft Teams ajudam muito no trabalho remoto, pois permitem que haja troca de mensagens instantâneas com as pessoas do time e também de outras áreas. Como ressaltado anteriormente, a comunicação é o ponto principal e que mais precisa de atenção nesse momento.

Zoom, Skype e Discord

Esses exemplos de ferramentas são utilizadas para otimizar chamadas de vídeo e voz. Fazer videoconferências, muitas vezes, auxilia em reuniões mais longas e complexas, que precisam de tomadas de decisões imediatas, por exemplo. O compartilhamento da tela do computador com outras pessoas também é uma função que colaboram para resolução de dúvidas e problemas que aparecem quando não há visualização presencial. Além disso, podem ajudar na sensação de proximidade com as equipes e trabalhar em parceria com ferramentas de gerenciamento de tarefas para redirecionar o foco.

Com essas medidas será possível contornar a distância e ter mais visão das tarefas e como as equipes estão se adaptando. Em meio a crise, essas ações podem auxiliar, inclusive, na visão de um futuro moderno e permeado por novas tecnologias, abrindo novos caminhos para ascensão da empresa.